Quanto mais tenta, mais corre atrás.

25 Jun

Mas se amar fosse fácil e monótono, criariam um livro explicando cada passo. Explicando que, se tu sentir ciúmes demais, tu pode perder, se tu demonstrar de menos, também pode perder, se tu ser grossa, chata, fria, procurar se resguardar, tu pode perder, se tu for grudenta demais, carinhosa demais, amorosa, demais, se tu demonstrar demais, tu também pode perder. Se amor fosse fácil, não existiria dor. Se amor fosse fácil, ao invés de beber água a gente amaria pra matar a sede. Amar não é fácil, amar é tu aceitar as complicações do outro sendo que não aceita nem as tuas, amar é tu entender no outro algo que tu não entende nem em ti mesmo. Mas com tudo, se amar matasse, todo mundo já teria morrido. Amor, mesmo sendo chato, a gente não larga de mão. Você é como o amor, e é o meu amor. Chato, insuportável, e todo o dia eu penso “dessa vez vou desistir de ti, é sério”, mas daí amanhã eu me apaixono novamente. Amanhã eu já to de joelho na brasa novamente. É assim, amor é tipo eu e tu. A gente tenta desistir, mas quanto mais tenta, mais corre atrás.

Anúncios

Uma resposta to “Quanto mais tenta, mais corre atrás.”

  1. 6dejulho 28/06/2012 às 18:18 #

    Nossa que post lindo guria.
    Tu falou TUDO!
    “Se amor fosse fácil, não existiria dor.” É exatamente assim que eu penso.
    Assino em baixo de tudo que tu disse.
    Tu escreves muito bem.
    Beijão.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: